quinta-feira, 12 de outubro de 2017

"Gangsta in paradise"

Com quatro anos de investigação, quase três depois da detenção do principal arguido e após dez gestações completas de uma vaca arouquesa, eis que está finalmente deduzida a acusação na "Operação Marquês". O Ministério Público aponta José Sócrates como culpado da prática de um total de 31 crimes, entre corrupção passiva, branqueamento de capitais, peculato e fraude fiscal. Mas como o antigo primeiro-ministro nunca foi um homem só, está acompanhado neste processo por rapazinhos de semelhante e impoluta reputação. Ricardo Salgado, Zeinal Bava, Henrique Granadeiro, Armando Vara ou Carlos Santos Silva (Ou "Piloto", tal é a amizade que Sócrates lhe tem) são outros do acusados neste megaprocesso judicial.
Apesar de ainda estarmos longe do epílogo deste remake do clássico "Ali Babá e os 40 Ladrões", a maioria dos portugueses já condenou os acusados, não contemplando sequer a possibilidade de estes estarem inocentes.
No entanto, eu consegui descobrir alguém capaz de fazer a defesa destes senhores. Para isso, tive de contratar um médium, a quem ofereci um garrafão de tinto antes da consulta e dois de jeropiga para depois do trabalho. Só assim foi possível falar com Al Capone, que dirigiu as seguintes palavras a Sócrates e seus compinchas: «All together now, fellows».

12 comentários:

  1. Não venho contestar, fiquei caladinha, só me ri de "Alibabá e os 40 ladrões" e de "All together now, fellows".

    Mas já não me ri ao ver um homem a dar pontapés à revista Visão, ou mais precisamente, às imagens de José Sócrates.

    Que violência 🐂

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, muito bem. Estás a começar a portar-te bem =P
      Que episódio foi esse? Não estou a par. Elucida-me, por favor.

      Eliminar
    2. Sabes, portar-me bem não é a minha praia.

      O episódio foi no Continente, onde se encontram livros e revistas e o tal indivíduo ao ver as duas imagens do José Sócrates na Visão começou a dar pontapés à revista.

      Eliminar
    3. Ah, não? Então vieste ter ao blog certo =P
      Hum, isso não é bonito, não. É só estúpido. Ainda se isso, por obra e graça do Diabo, tivesse algum efeito na tromba do destinatário da sova a pontapé...

      Eliminar
  2. Mais vale tarde do que nunca! Tenho para mim que o Alibabá e os 40 ladrões eram uns meninos ao lados destes ilustres nomes da atualidade ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Demasiado tarde para não ser uma vergonha para a justiça portuguesa. Mais uma, aliás.
      E o Al Capone era o menino das alianças =P

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Com a informação a que fomos tendo acesso ao longo dos últimos anos, deve ser difícil safarem-se. Não é impossível, claro, mas aí penso que teríamos de mandar vir alguém para tomar conta disto. Era o descrédito total para um país.

      Eliminar
  4. Sei que ninguém deve ser considerado culpado antes da sentença mas, de facto, em relação ao Sócrates não consigo ter esta atitude cívica. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também sei, mas estamos a falar do Sócrates. Há limites, olha que caraças! =P

      Eliminar
  5. Gostava que, por uma vez, a corrupção em Portugal fosse punida. Mas, tenho para mim que ainda vão arranjar maneira de se safarem =P

    ResponderEliminar

Se vêm para contestar, fiquem quietinhos e caladinhos. Isto não é minimamente democrático e quem manda aqui sou eu! Por isso, só são permitidos afagamentos de ego, mas com jeitinho! Demasiada fricção deixa-me o pelo eriçado, tipo gato assanhado. Não é bonito!