sábado, 25 de junho de 2016

Ai, que estamos tão fortes a inventar parvoíce!

Então o Reino Unido lá foi para a pilinha que o sodomize, não é verdade? Puseram-se ao fresco e fizeram-no em boa hora! Diz que vem aí um calor dos ananases e ninguém queria ver os "bifes" transformados em lagostas. Era uma metamorfose que ia dar cabo da mioleira aos biólogos e acho que esses "camones" já arranjaram caldeirada suficiente para esta e mais três mil vidas a seguir.
Esta de inventar termos novos para descrever a saída de um país-membro da União Europeia tem muita graça, tem. Compor uma palavra na qual entra a parte inicial do nome do país em questão e à qual se junta o termo inglês exit é somente... como é que eu hei-de dizer isto?, olha, é como a Teresa Guilherme! Quer ser engraçada, mas é estúpida, estúpida, estúpida!
Já tivemos o Brexit, já se fala no Frexit e lá virá o tempo em que vamos levar com isto também. Como será? Pexit? Não, não pode ser. Fica parecido com peseta e nós vamos voltar é para o escudo, que é para eu poder comprar pastilhas Gorila com 10 mil réis e fazer balões em formato fálico. Então? Por...exit... Port...exit... Portu...exit... Já sei! Já sei! Portuggexit! É comprido como o raio que o parta, é verdade, mas fica parecido com portuguesito. Saímos da UE com aquele toque fofinho e amaricado que, no fundo, combina bem com o nosso papel de banana já meio comida que fazemos desde 1985!
Que é que te estás a rir, Mitroglou? Vai cortar as barbas, homem! Pensas que ficas melhor? Grexit! Que é essa merda, pá? Sais do saco de gatos que é a União Europeia e ainda vomitas? Arranjaste um termo que lembra o vómito quando estamos a chamar pelo Gregório! Pelo menos, nós, humildes portuguesitos, não cheiramos a azedo!

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  2. Tugexit (tuga+exit) também não ficava mal.
    Mas o tuga está-se a borrifar para isto. Ganhámos aos "crustáceos" e, pelo menos, até quinta-feira, não se vai falar em mais nada. Aliás, estou convencido que em Portugal o assunto só terá alguma importância para os "paineleiros" dos diversos canais de notícias, porque o cidadão comum está tão habituado a viver em crise, que no dia em que o país entrar nos eixos, metade da população vai hibernar.
    A sério, para os portugueses não há nada melhor do que uma boa crise económica. A não ser uma crise de reumático (ai que dor quê tenho), ou uma seca (ai que se na chove, as batatas vão todas por água abaixo), ou umas inundações (só em arcas congeladoras e matraquilhos, o prejuízo é pra cima de um dinheirão), que sempre nos permitem queixar de qualquer coisa, o melhor é mesmo o custo de vida. É ver (e ouvir) o pessoal nas caixas do Pingo Doce, com o carrinho cheio de bollycaos e refrigerantes, a queixar-se que não tem dinheiro para alimentar as criancinhas eheheheheh.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também serve, Também serve! Um brainstorm no blog sobre o nome a escolher :P
      É tudo isso, meu bom homem! E sabes quando é que nos preocupamos mesmo, mesmo com os destinos de Portugal? Quando a Selecção joga, de dois em dois anos, numa grande competição internacional. De resto, só sabemos que somos portugueses quando olhamos para o Cartão de Cidadão e vemos que lá consta a nacionalidade portuguesa. Ou então quando ligamos a televisão e vemos que as praias estão tão cheiinhas de malta que nem a pulga-da-areia consegue dar uma pinocada em condições. Olha, a prima Catarina diz que, se Portugal for sancionado pela Comissão Europeia, vamos mesmo ter Portuggexit... ou Tuggexit. Mas o que isso interessa aos grandes patriotas que este país tem? Nada! A malta quer é pontapés na borracha e escaldões no lombo!

      Eliminar
  3. E já ouviste a TG a dizer "girl"? Diz "garele", é tão irritante!
    Podem fazer tudo ao país enquanto estivermos no EURO, sair da UE, entrar nos EUA, mandar os desempregados para o Japão, tudo, ninguém irá reparar :p
    Para Portugal, não consigo inventar termos ainda mais parvos dos que já foram referidos lol, mas só te digo, quando for a Suécia a querer sair é que vai ter piada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Darling, eu já não ouço a TG. Mais depressa lhe cosia a boca para mais ninguém a ouvir! :P
      Enquanto a bola rolar, até podem apalpar o cu ao Marcelo às mãozadas de lenhador que nem ele nem a malta vai dar por isso. O modo anestesia está ligado e acabou :P
      Ui, do que te foste lembrar! LOLOL E depois podem cantar aquela música dos LMFAO: I'm Sexit and I know it!" :P É assim a letra, não é?

      Eliminar

Se vêm para contestar, fiquem quietinhos e caladinhos. Isto não é minimamente democrático e quem manda aqui sou eu! Por isso, só são permitidos afagamentos de ego, mas com jeitinho! Demasiada fricção deixa-me o pelo eriçado, tipo gato assanhado. Não é bonito!