domingo, 5 de novembro de 2017

Assim és um poeta!

Pedro Passos Coelho tem estado em silêncio nas últimas sessões plenárias da Assembleia da República, entregando as despesas dos debates parlamentares a Hugo Soares, o novo líder da bancada do PSD, e a outros deputados social-democratas. Ainda que se saiba há mais de um mês que Passos Coelho vai deixar a liderança do partido no início do ano, o facto de estar remetido ao silêncio no hemiciclo não deixa de causar alguma estranheza aos comentadores políticos e até às outras bancadas parlamentares.
Dizem as más línguas (nas quais não se inclui a minha, claro está) que o ainda presidente do PSD estava no seu gabinete a ensaiar um discurso que começava com "o orçamento", foi rectificado sete vezes por Maria Luís Albuquerque e, rubro de vergonha, decidiu calar-se para sempre.

6 comentários:

  1. Há pessoas que caladas são, de facto, umas poetas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoras essa frase, não adoras? Quando é que a vais tatuar mesmo? =P

      Eliminar
  2. Como dizem, o calado vence sempre :)

    Beijoos
    Visite-nos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me parece que se aplique neste caso =P Beijinhos

      Eliminar
  3. Caro Lápis Roídamigo

    Sempre disse que o Passos Coelho é um fdp (por extenso um filo da puta) e por isso nunca emenda um a calinada que tenha dado... E além a sacana da Maria Luís é a maior do Mundo em Finanças. Pqp (por extenso puta que o pariu)... :-((((

    Abç do Henrique, o Leãozão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu deves ser um leãozinho de trazer por casa pois na selva as ofensas não conquistam território nem presas. F=p>vt?

      Eliminar

Se vêm para contestar, fiquem quietinhos e caladinhos. Isto não é minimamente democrático e quem manda aqui sou eu! Por isso, só são permitidos afagamentos de ego, mas com jeitinho! Demasiada fricção deixa-me o pelo eriçado, tipo gato assanhado. Não é bonito!