quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Rentrée blogueira

Então, cambadinha? Já viram quem voltou? Sim, sou eu mesmo! O que é que acham deste bronze à António Costa? Muito in, não é? E vocês? Como é que se portaram na minha ausência? Destruíram essas silhuetas perfeitas (que tanto trabalho e suor vos custaram durante meses, convém relembrar) a tiros de bolas de Berlim à queima-roupa? Lavaram-se bem atrás das orelhas e na zona dos tornozelos? Costumam acumular bastante sarro, se ainda não repararam... E esses peitos? Apresentaram-se bem depilados? É claro que estou a falar convosco, meninas! Com quem haveria de ser? E esses escaldões? Hã? A apanharem-nos, espero que tenham tido o cuidado de colocar uma estrela-do-mar em cima do bandulho enquanto fritavam ao natural. Dá-vos um look de veraneante original e o "polícia da moda" vai adorar. Especialmente se forem gajos... Ele vai querer ter uma conversa muito prolongada convosco, rapazes!
Bom, agora que já fiz a minha festa do Pontal (mas em bom, claro), vamos ao que interessa. Algarve é sinónimo de quê nesta altura do ano? Glamour. Sofisticação. Espaços faustosamente decorados. Gastronomia elaborada. Certo? Seria, não fosse dar-se o caso de estarem na presença virtual de um indivíduo que gosta de contrariar a tendência natural das cenas.
Arranco da minha baiuca bem cedinho para poder almoçar já perto do local onde passei férias. Querem saber onde foi? Ok, eu digo. Foi entre Sagres e Vila Real de Santo António. Desconheciam esta minha exactidão GPS, não é? Bem, prossigamos! Uma vez lá chegado, foi preciso procurar um restaurante onde se pudesse fazer uma refeição em paz e com tranquilidade, que é coisa fácil de se encontrar nesta altura em terras algarvias. Isso e dodós. Também existem muitos de Paderne para baixo, ficam a saber. Acossados pela larica, decidimos (após um debate familiar que durou uns longuíssimos 15 segundos) entrar num estabelecimento à beira da estrada. Se tiver como referência um matadouro e o Passeio Marítimo de Algés em noite de NOS Alive, então posso referir-me àquele espaço como agradável e quase desértico. Se a isto acrescentarmos o facto de estarem certamente mais de 50 graus no seu interior, conseguem visualizar a imagem da perfeição de imediato, não conseguem?
Depois de nos sentarmos confortavelmente em cadeiras de madeira duras como os cornos, o empregado trouxe-nos o menu. Numa leitura apressada do dito, rapidamente constatamos que as iguarias eram de difícil confecção e destinadas somente a pessoas habituadas a degustarem o que de melhor existe na gastronomia portuguesa: entremeadas, febras, bifes, carapaus, sardinhas, bacalhau. Tudo assado, pois claro. Acabamos por optar por um outro prato constante da extensíssima lista que nos foi fornecida: poulet rôti. Não sabem o que é? Não espanta. Não pertencem à grand finesse, eu já sabia! Procurem no Google, que foi coisa que eu não fiz.
Terminada que estava a refeição principal, pedimos ao empregado de mesa que nos indicasse as sobremesas. Num tom tão bem-disposto que me fez lembrar a figura prazenteira de Marinho Pinto, o homem respondeu:
- Melão.
Como nos tínhamos habituado mal à variedade de opções no prato principal, resolvemos insistir:
- Ah... E mais?
- Mais nada. Só temos melão.
Ainda suspeitei que nos achasse com cara de sportinguistas e tudo não passasse de uma provocação futebolística, mas um rápido olhar pelas mesas circundantes deitou por terra essa ideia. Só havia melão mesmo. Rejeitámos a sugestão e pedimos a conta.
E foi nessa altura que se registou nova surpresa. Dois frangos e meio, 51 euros. Tão barato? Epá, se soubesse antecipadamente, tinha mandado vir uns vinte. Estes preços baixíssimos têm de ser bem aproveitados, que diabo. Para além disso, não teríamos de voltar a preocupar-nos com almoços e jantares durante o período de férias. Mais: com tanto frango no bucho, rapidamente nos nasceriam bicos entre o lábio superior e a penca. Muito útil para abrir latas de melão em calda.
Ah, não há nada como sentir que se passou por uma experiência enriquecedora... ou "enriquecedeira" dos bolsos de um algarvio!

17 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigado, Dalila. Mantém-te por aí que isto está só a (re)começar! :P Beijinhos

      Eliminar
  2. LOOOL tu não comeste... aposto que por esse preço, tb passaste lá a noite :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devia ter direito a, pelo menos, uma sessão de strip, não? Pois, como o único disponível para tal espectáculo devia ser o empregado trombudo, acho que dispensava :P

      Eliminar
  3. Olá querido lápis, tanto resmunguei no blogger por não te conseguir seguir (e ainda não consigo) que me convidaram para fazer parte da equipa de ajuda. Tens um post meu de dia 08 que precisa de um comentário teu. Good to have you back!!!

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Querida Pink, folgo muito em saber que ganhaste uma promoção à minha conta. Já viste a minha importância na tua vida? :P
      Continuas uma criativa incurável e nem o calor te demove! :)
      Yeah! Very happy por poderes finalmente fazer parte da comunidade dos meus followers. Vá, acomoda-te. A camarata está a ficar preenchida, mas é asseada :P Beijinhos

      Eliminar
  5. Caramba... eram frangos banhados a ouro?...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora que falas nisso... Deixa-me ver se ainda ficou algum bocadinho entre os dentes. Pode ser que ainda faça negócio com algum ourives :P

      Eliminar
  6. gente que se quer armar em fina, dá sempre merda, bem se veem os franciús a falar "oh ma petite" para os chavalos mas quando a coisa descamba já se ouvem uns "anda cá seu caralho senão levas no focinho" xD
    iam ao Pingo Doce, compravam os frangos e ainda vos sobrava dinheiro para batatas fritas, sumos e uns 7 melões e meio!
    beijinhos, Noelle :) http://supergirlinconverse.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, pois é! E para continuarmos a figurar na alta sociedade acabamos o repasto a atirar os ossos às trombas dos vizinhos do lado. Assim só para manter o nível elevado, percebes? :P
      Beijinhos, Noelle!

      Eliminar
  7. Que férias!! Roubado logo no primeiro dia!! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já viste isto? E foi à mão armada, que eu bem vi o empregado de faca de mato em riste! :P

      Eliminar
  8. **** Os verdades do Putugal som muito, muito dolorosas e seguim VERDADES!!!!****

    =======================================================================
    ***A brief UPDATE of Global TRUTHS not talked about enough....

    http://portugalisaracistcountry.blogspot.ca/
    =======================================================================

    *PORTUGAL IS THE BIGGEST, RACIST, ANTI-SPANISH COUNTRY ON THE PLANET!

    I HEREBY ALERT ALL PEOPLE ON EARTH TO NOT BUY FROM PUTUGAL, DO NOT SPEND YOUR HARD, EARNED MONEY GOING THERE AND BOYCOTT ALL PORTUGEE STORES IN YOUR AREA!

    THESE XENOPHOBIC RACISTS HAVE TO LEARN AND THE BEST WAY IS TO BLOCK THEM ECONOMICALLY!
    BE CAREFUL FRIENDS:
    http://portugalisaracistcountry.blogspot.ca/
    http://portugalisxenophobic.blogspot.ca/
    =================================================================
    Y recuerden que........in both Canada and the USA the Portugee are the BIGGEST anti-Spanish racists and Xenophobes on the planet! They are Insulting & Spain-bashing 24-7, but this is what the rest of the World "thinks" about the Portuguese: http://portugalisaracistcountry.blogspot.ca/

    ==========================================================

    ResponderEliminar
  9. Estava a ver que nunca mais regressavas! A blogosfera sem o Lápis Roído não é a mesma coisa!
    PS. Come melão e cala-te!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois não... A blogosfera sem mim é bem melhor.
      Como, mas não ali e muito menos por ordem tua :P

      Eliminar
    2. Não é nada, pá, não sejas chato!
      Olha-me este, hã!? COMES E ACABOU! EU É QUE MANDO, OUVIU!?

      Eliminar

Se vêm para contestar, fiquem quietinhos e caladinhos. Isto não é minimamente democrático e quem manda aqui sou eu! Por isso, só são permitidos afagamentos de ego, mas com jeitinho! Demasiada fricção deixa-me o pelo eriçado, tipo gato assanhado. Não é bonito!